Bem Vindo a Página do Banrisul Formulário para acesso direto a conta

Página Inicial » Áreas Temáticas » Sustentabilidade » Gestão

Qualidade de vida: Banrirunners completa quatro anos com 450 atletas

O esporte é fundamental para a saúde de qualquer pessoa, mas, muito além do bem-estar físico, ele promove outros benefícios impactando positivamente a qualidade de vida do atleta. O Programa Banrirunners evidencia isso na prática. No dia 13 de abril, o programa completa quatro anos, com mais de 450 empregados do Banrisul treinando em todo o Brasil. A rede de corredores do Banco é a maior do país, entre as instituições financeiras, e o maior grupo de corrida corporativo do Rio Grande do Sul.

“Nossa prioridade é o empregado ter saúde e viver bem”, explica a coordenadora do Banrirunners, Cláudia Lucchese. A vida do bancário é muito sedentária e muitas vezes os profissionais não têm como prioridade o esporte. Assim, o Banriruners e também o Grupo de Caminhada do Banrisul são alternativas para que o empregado possa ter mais saúde, trabalhando seu condicionamento cardiovascular, além de diminuir os níveis de estresse.

Empregados de qualquer agência podem treinar. Nas localidades onde não há um profissional contratado pelo Banrisul para orientação física, também é possível. Isso porque a equipe do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) do Banrisul prepara um treino específico para cada empregado e acompanha seu desenvolvimento a distância. “Estamos no interior, Santana do Livramento, Pelotas, Santa Maria, Estrela, também nos estados de Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, entre outros”, conta Cláudia.

Thiago Silva, da Agência Assis Brasil, participa do Banrirunners desde 2014. Ele treina nos sábados no Parque da Redenção, em Porto Alegre, e, durante a semana, segue o treino preparado pela equipe técnica do Banrirunners. “É um ganho muito grande para qualidade de vida, faz bem para a mente não só para o corpo”, explica. Ele conta que tem investido nos treinos para provas em trilhas. “São percursos que exigem mais, pois são no meio da vegetação”, conta Silva.


Superando Limites


Correr é um desafio. O atleta busca a sua própria superação, respeitando seu ritmo, vai evoluindo e conquistando mais quilômetros em menos tempo.  “Na corrida, a satisfação da conquista é gratificante. Tu nunca sabes o que podes fazer na vida, quando tu conquistas teus limites, tu geras a satisfação pessoal e conhecimento do que tu podes fazer, agregando a todas as áreas da vida”, comenta Fabrício Santiago, atleta do Banrirunners da Unidade de Infraestrutura e Tecnologia.

Fabricio participa do grupo desde 2013 e lembra que quando entrou no Banco viu o projeto de corrida e resolveu participar. Ele treina com o grupo em Porto Alegre três vezes por semana. Já participou junto com colegas do Banrirunners de provas no Chile e Uruguai. Em maio, vai participar, com outros atletas do grupo, da Meia Maratona de Lima, no Peru. Além disso, está treinando para correr a Maratona de Porto Alegre. “Quero fazer 42 quilômetros”, conta, entusiasmado.


Família Banrirunners



O grupo de corrida também é uma oportunidade de se criar vínculos. Santiago diz que o Banrirunners é uma grande família. Com o mesmo calção e camiseta não há diferenciação entre cargos, agências ou unidades, todos trabalham rumo a um único objetivo que é superar seus limites, com a saúde do corpo e da alma. Silva também destaca o convívio que o Banrirunners proporciona conhecer outras realidades. Além das corridas, os runners relacionam-se, pelas redes sociais, e-mails e confraternizações.


Compartilhando Benefícios


Cláudia explica que há estudos que demonstram que a atividade aeróbica atua nos neurotransmissores liberando hormônios do “bem” que fazem o atleta se sentir feliz e que tenha vontade de compartilhar esse sentimento também com as outras pessoas. O Banrirunners, em Porto Alegre, por exemplo, adotou a praça Brigadeiro Sampaio, no Centro Histórico. Os corredores investiram tempo e dinheiro, com placas e material de limpeza para cuidar do espaço. Além disso, tem como objetivo participar de todas as provas de corrida que tenham cunho de sustentabilidade no Estado.

Outro projeto que possuem é o apadrinhamento de Jovens Aprendizes do Banco. Atualmente há três atletas menores aprendizes que têm o apoio dos empregados do Banrirunners para participar das provas e treinar junto do grupo. Eles incentivam os jovens nos estudos, além do esporte. Igor Oliveira, jovem aprendiz da Agência Central, conta que faz um ano que participa do grupo e a corrida fez grandes mudanças em sua vida. Ele começou a ter uma rotina programada, levanta cedo e tendo os estudos sempre em dia. Conta que, além disso, melhorou a respiração, a postura e se sente mais feliz. Corre pelo menos três vezes por semana e às vezes até cinco.  “Se eu não tivesse no grupo, não teria tanta qualidade de vida”, complementa.

[nwb0] 1995 ~ 2017 © Banrisul S.A.. Todos Direitos reservados. Navegação rápida Página Inicial | Mapa do site | Política de Segurança